Entendimentos socioculturais sobre a tecnologia de ADN na cena do crime

Objetivos

Pretende-se desenvolver um estudo sobre a incorporação da tecnologia de ADN junto das forças policiais de proximidade na sua rotina diária. O objetivo é perceber o entendimento que as polícias de proximidade fazem do uso da tecnologia de ADN; a importância do seu uso na atividade rotineira; o raciocínio feito pela polícia na cena do crime com vista a recolher vestígios e o impacto da atuação da polícia de proximidade no processo judicial Este projeto realiza-se junto das polícias de proximidade (PSP e GNR) com base numa etnografia de laboratório que será complementada com focus groups

Coordenação
Susana Costa

Período de execução
desde janeiro 2019

Financiamento: FCT/CES (ao abrigo da norma transitória DL57/2016/CP1341/CT004)